Pular para o conteúdo principal

Hiperglicemias...

Oi gente!
Esse mês faço 20 anos de diabetes,ainda não me acostumei com os sobe e desce das glicemias.Sempre me queixo das hipoglicemias mas desde quarta-feira estou tendo problemas em baixar.As taxas estão me assustando e olha que estou acostumada de ver em meu glicosímetro números bem altos vejam os exemplos quarta 07 de setembro durante o dia 307,546,520,553,quinta 08/09 297.HI!!!,558,449,144,hoje 10/09 315 em jejum,396 antes almoço e agora a pouco 201!!!Estou desesperada pois não estou conseguindo baixar as glicemias em horário nenhum ontem depois do jantar estava HI tomei 10 unidades da regular e fui medindo de 1 em 1 hora e demorou bastante para cair até que ás 2:00 da manhã medi e estava 144,fiquei aliviada fiz um lanche pão de sal com suco e de manhã em jejum mais ou menos 9:00 estava 315!E durante o dia me senti mal,corpo dolorido,desanimo de fazer as coisas de casa,almocei bem pouquinho,lanchei café com leite e meio pão de sal e glicemia em 201.Procurei pão integral,mas não achei integral até tem no mercado,mas com açúcar mascavo,ontem comi apenas uma maçã nem quis jantar mas caí na besteira de lanchar pão de sal ás 2:00 da manhã fiquei com medo de ter uma hipo e acabei foi tendo uma hiperglicemia aff!Acho,acho não,tenho certeza que estou fazendo tudo errado,quarta mesmo dia 07 de setembro resolvi fazer empada de frango e exagerei um pouco comi vááárias e acredito que foi por isso que descompensei com as glicemias,não sei se tem haver mas só esta semana tive duas notícias que me abalaram e muito,primeiro foi a perda do meu avô e hoje uma senhora que conheci muito gente boa que se foi ontem vítima de câncer e diabetes,ela morava em BH,fiquei muito triste.Soube também que o primo do meu esposo voltou a fazer quimioterapia devido a leucemia,ele tinha melhorado mas deu uma recaída.Esta noite sonhei com meu avô mas no meu sonho eu via ele deitado numa cama sem vida e todos em sua casa muito tristes.Só notícia tensa como diz minha irmã.Se tem uma coisa que eu tenho verdadeiro pavor e nem gosto de falar é a morte,sei que um dia todos iremos mas ainda tenho tanta coisa para viver ao lado do meu esposo e filhas,tenho minhas filhas para criar que ainda são tão pequenas e um tanto de outras coisas.Sempre desde pequena tive o sonho de ser médica e depois que fiquei diabética queria ser endocrinologista para descobrir a cura da diabetes e ajudar as pessoas como eu a conviver bem com a diabetes sem complicações.Mas não deu,não tive incentivo de meus pais(financeiro),porque vontade de estudar em sempre tive,terminei o segundo grau e tentei fazer alguns cursos técnicos lá em Barbacena mas sempre aquela desculpa,você nunca vai pra frente,que eu era acomodada,que eu não daria conta e acabei não podendo fazer nenhum dos cursos que eu queria pois todos eram caros e me falaram que não valeria o investimento,um dos cursos que quis fazer foi de enfermagem mas não deu.Fiz alguns cursos como de bordado,ponto cruz,crochê, e até um de higiene e limpeza que ensinava a fazer sabão,sabonete,detergente,xampu e várias outras coisas foi muito legal,quis fazer inglês não deu,fiz informática aprendi na época windows 98 o restante aprendi em casa sozinha.Eu gosto muito de andar de bicicleta e ano passado meu esposo me deu uma bicicleta eu que escolhi feminina com cestinho e tudo, bom que "queima" glicose e calorias!Tenho vontade de aprender a dirigir,meu esposo falou que me ensina assim que pudermos comprar um carrinho e depois eu tirar carteira.São tantas coisas que tenho vontade de fazer,ainda tenho vontade de fazer um curso,de enfermagem ou nutrição alguma coisa ligada a diabetes,estou pensando muito em nutrição,mas tem tanta coisa ainda pendente como ainda não temos uma casa própria e pagamos aluguel muito caro,poder comprar um carrinho para ter mais liberdade de sair com nossas filhas que são 3,por conta do nível caro de vida aqui em minha cidade, quase não sobra muito dinheiro para investir em outras coisas como no curso que tenho vontade de fazer,mercado mesmo comprando um pouquinho de coisa vai 50,60 reais por semana meu esposo não deixa faltar nada dentro de casa como o lanchinho delas e minhas coisas diets,frutas,legumes e verduras,iogurte diet com pedaços de fruta que adoro!Agora estou muito empenhada em seguir tudo que a endocrinologista me prescrever para eu ter saúde e vida sem complicações pois minhas glicemias agora estão horrendas,feias altas demais ou baixas demais estou precisando de ajuda pois quero viver bem e com saúde para meu esposo e minhas filhas,que são em primeiro lugar a verdadeira razão de meu viver!

Comentários

  1. Oi Cris acabei de ler seu post e não poderia sair sem comentar, eu também já passei por isso e sei que não é fácil, assusta mesmo, mas tranquilize-se que vai te ajudar a controlar. Com certeza seu estado emocional tem colaborado, apesar de alguns médicos disserem que não tem nada a ver, nós sabemos o quanto isso muda nossas taxas de açucar no sangue inexplicávelmente, então faça um esforço pra acalmar-se, aproveite o fim de semana e vai passear com suas meninas. Também procure ver se não tem algo a mais interferindo, como uma gripe ou uma infecção. Isso pode também estar contribuindo pra glicose aumentar... Cuide-se, e tenha fé que tudo vai se resolver.

    Beijinhos Doces

    ResponderExcluir
  2. Oi Cris,
    É um dia de cada vez, o diabetes é cheio de altos e baixos mesmos. Tudo altera os números, ansiedade, nervosismo, medo, angústia, felicidade. Entretanto, lidar com o emocional é complicado. Não se culpe pela empada de frango, uma vez ou outra não faz mal desde que o excesso seja calculado (contagem de carboidratos)e corrigido. Os números estão altos? Estão, mas você está empenhada em corrigi-los. Tente relaxar, aliviar a tensão, respire fundo e siga em frente. Eu também tenho semanas de rebeldia extrema do diabetes, os números ficam incontroláveis, para tentar mantê-los numa faixa ideal vou medindo,segurando a boca e aplicando a humalog. Com relação ao curso superior em enfermagem, nutrição e até mesmo medicina uma grande oportunidade que você tem é fazer o ENEM, com as notas do ENEM você concorre a vagas no ensino superior e se você tiver boas notas e carência comprovada o governo paga os seus estudos numa instituição particular. Pesquise sobre o assunto, quem sabe você se anima. Nenhum curso é em vão porque todo conhecimento adquirido é válido, eu costumo dizer que aprender nunca é demais quando mais eu sei mais eu quero aprender. Pessoas para nos desmotivar sempre vão existir, mas seja persistente siga em frente você pode ir até onde você quer chegar. Você convive com o diabetes a 20 anos é guerreira, é forte, é determinada e tem coragem suficiente para realizar os seus sonhos. Isto vai passar, siga em frente.
    Boa sorte
    Cristiane

    ResponderExcluir
  3. Diante de um problema como o diabetes parece que é mesmo imprescindível usar alguma ferramenta pra desabafar. Enquanto eu não crio coragem pra criar um blog, vou me valer dos espaços de comentários. Até porque, meu diagnóstico recente faz de mim um zero a esquerda em entender sobre como lidar com essa doença. Pra se ter uma ideia, nem os famigerados testes de glicemia em casa eu aprendi a fazer direito, perco várias tiras até conseguir dar uma dentro. A própria aplicação da insulina pra mim é um mistério... Não sei se estou aplicando corretamente, pois nas poucas vezes que o aparelhinho me mostrou o volume de glicemia, os números estavam nas alturas (380,450,etc). Tenho 24 anos e descobri a doença em março deste ano... Descobri num exame de 'rotina'. A dieta não resolveu, os exercícios não resolveram, os anti diabéticos orais não resolveram e, esta semana, cheguei às insulinas. Sinto como uma bomba em minha vida, ou algo como se fosse a morte querendo me puxar a qualquer custo! Não importaram nada os investimentos que fiz... Pra cada tentativa de controle, um índice glicêmico maior, muitos reais se foram pelo ralo, alguns quilos do meu corpo e uma grande parte da minha alegria de viver também já escorreram. Vários anos da minha expectativa de vida se diluíram, e aos que sobraram restou a certeza de que serão sofríveis. Sede, noites mal dormidas (acordando pra urinar), visão embaçada... Estômago funcionando estranho, fome, apetite e vazio por dentro! Finalmente chegando a comentar sobre sua postagem, Cristiane Costa, venho aqui para partilhar dessa pequena angústia que você descreveu por esses dias de 'descontrole'. Parabéns! Você tem 20 anos de combate e, tão serenamente, desabafa um pequeno momento de percalço. Eu tenho alguns meses de luta e, sinceramente, já não vejo em mim qualquer traço de força pra continuar. Creio em Deus e por isso me agarro aos dias que ele me concede na terra, mesmo sofrendo. Mas se não fosse essa crença, vantagem na vida eu já não veria. Desculpe o comentário gigantesco, mas ele ainda foi muito menor do que o tantão de desespero que eu tenho pra relatar. Já não tenho ânimo pra fazer medição de glicose, já que cada resultado que consigo ver me põe mais pra baixo. Daqui a pouco vou deitar, com minha glicose nas alturas, depois de mais uma injeção de insulina, esperar um novo dia nascer e enfrentar as mesmas ou piores dores do que as de hoje... Dores na alma, na mente e no corpo. Difícil encarar isso tudo com naturalidade... O que mais preciso hoje é de ajuda! Preciso aprender a me tratar e a aceitar tudo que está acontecendo... Saber que, se quero viver, vou caminhar com isso e muito mais nos próximos 10, 20, 30 anos. Ver se chega primeiro a cura ou os meus "bônus de problemas" (cegueira, amputação, insuficiência renal)... É só o que os nossos portais para ajudar diabéticos falam! Por outro lado os médicos que visitei são tão frios ao lidar com o problema que é nosso, e a cada ida num 'diet shops' e farmácias da vida, onde descarrego rios de dinheiro, tenho mais certeza de que nossa doença é tão "lucrativa" que realmente vai ficar difícil morrer depois de ver a cura chegar a nós. Antes que eu me lembre de mais algum motivo pra desabafo, encerro aqui meu comentário. Desculpem, estou muito mal neste momento.

    ResponderExcluir
  4. Cris, vc é guerreira!!! Eu tenho certeza de que vai conseguir, o meu filho de 7 anos na semana passada tb estava com algumas medidas altas, mas com a benção de Deus agora está melhor.

    Gostaria de deixar um recadinho para o comentário acima do "Jovem Triste": Amigo NÃO DESISTA DE VIVER, pq o PAI CELESTIAL NÃO DESISTIU DE VC ELE ACREDITA EM TI eu e um monte de gente TAMBÉM!!!

    Se eu puder te ajudar me escreva no e-mail sil_onofre@hotmail.com, o blog do meu filho é http://joaopedroeodiabetes.blogspot.com/ estamos à disposição.

    Beijos para vc e Cris.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Receita caseira de sorvete diet

Oi pessoal!
Eu faço contagem de carboidratos mas sempre que posso eu mesma faço minhas receitinhas em casa na versão diet.
Procurando aqui na net achei essa receita de sorvete,primeiro fiz na versão original,ficou uma delícia todos aqui em casa aprovaram,depois fiz na versão diet,substituí o açúcar por adoçante em pó Tal & Qual.
O leite condensado eu mesma fiz na versão diet.
Segue a receita do leite condensado diet e depois do sorvete!
Dicas:A receita é de sorvete de morango,mas já fiz de chocolate, basta substituir por achocolatado diet 2 colheres de sopa,conheço o da marca Gold,para sabor creme basta adicionar 1 colher de chá de essência de baunilha e por aí vai!









Receita do leite condensado diet:Ingredientes:
1 xícara de chá(200ml) de leite em pó desnatado;¼ de xícara de chá de água fervente;½ xícara de chá de adoçante em pó;1 colher de sopa de margarina light.Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador até formar uma pasta homogênea;
Após esfriar o leite condensado di…

Sintomas de hipoglicemia-Convulsão

Já tive várias crises de hipo,com desmaio,convulsão,espasmos,gritos,choro,o corpo paralisar,dormir em casa e acordar no pronto socorro toda furada sem lembrar de nada do que tinha acontecido,mas uma vez em especial assustou meu marido,ele achou que eu iria morrer,isso deve ter acontecido há mais de 3 anos,mas vou falar como foi.
Eu lembro que tinha andado muito no dia,estava tendo festa de Santo Antonio no Centro daqui de Ouro Branco,na época morava num bairro mais ou menos próximo,caminhada de meia hora,para ir e mais meia hora para voltar,"queimou" bastante glicose com essa caminhada,na festa comemos cachorro quente e chegando em casa,lembro que não tive o cuidado de comer alguma coisa antes de dormir e também não tinha o costume de medir a glicemia.
De madrugada,como de costume,meu marido passou a mão em minha barriga e viu que eu estava suando frio,correu até a cozinha e tentou me dar para beber leite com açúcar mas não consegui beber,ele ligou para minha sogra para me le…

Receita de bolo de caneca diet

Procurando aqui na net uma receita de bolo diet fácil achei essa aqui no blog Diabetes & Deleites ,bolo de caneca diet,achei super fácil e rápido de fazer,para dar certo é só seguir a receita a risca.

Bolo de caneca diet:

Ingredientes:

Bolo:

1 ovo4 colheres de sopa leite desnatado3 colheres de sopa óleo2 colheres de sopa chocolate em pó diet3 colheres de sopa adoçante em pó para forno e fogão4 colheres de sopa farinha de trigo com fermento1 colher de café de fermento em pó
Calda:
2 colheres de leite desnatado1 colher de chá de manteiga1 colher de adoçante em pó3 colheres de sopa de chocolate em pó diet
Preparo:

Bolo:

Coloque em uma caneca o ovo e bata com um garfo, até ficar homogêneo. Junte o leite, o chocolate, o óleo, e o adoçante e bata mais, até ficar homogeneo. Acrescente a farinha com o fermento e mexa delicadamente para incorporar.Leve por 2 minutos e 30 segundos no microondas na potencia máxima.Se não assar coloque mais 30 segundos, depende da potência do microondas.Pode s…